quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Boas Vindas

Sabe quando se sabe que aquilo que esta acontecendo vai refletir pro resto da sua vida?
2008 foi cheio desses momentos.
A intensidade das coisas foi avassaladora... Foi o ano que eu mais chorei, que mais rir, que mais abracei, que mais gritei, que mais dancei, que mais cantei, que mais beijei, que mais amei, que mais tive ciumes, que mais analisei, que mais senti, que mais permiti, que mais vivi... mais, mais, mais... não teve nada de menos, tudo que desejei fazer ou falar, o fiz. E o melhor de tudo, sem machucar ninguém.
Esse ano, que pareceu predestinado a ser o ano em que eu descobriria qual o meu lugar no mundo e saber que isso era uma questão de escolha, reforcei a minha teoria de que o amor e a verdade sempre vencem no final.
Fiquei mais próxima de mim mesma, descobri a olhar com mais cuidado pras coisas que sinto e descobri que o que eu sinto pelo mundo, pelas pessoas e por tudo que está a minha volta é a coisa mais bonita que eu tenho.
Comecei a ver a vida nua, como ela realmente é, sem roupas que pudessem mascarar alguma imperfeição. Eu vi todas as “imperfeições” e hoje, por toda a sua complexidade e possibilidade, elas são, todas, lindas e perfeitas.
2008 ficará comigo como uma tatuagem invisível e irremovível e começo 2009 com a minha alma renovada e pronta.

Amor,
Karla Brito

Um comentário:

t disse...

estar pronto.
preciso estar pronto.