sexta-feira, 21 de maio de 2010

Não me entendam

No dia que vocês, os sem amor, me entenderem, eu vou estar perdida!
Nunca soube lidar bem com vocês e pra falar a verdade nunca fiz questão, sem querer ofender, é claro. Mas se vocês não tiverem nada contra mim, eu vou supor que encontraram por aí alguma explicação cientifica ou alguma teoria que saiu em um livro dizendo como me entender... e eu não aceitaria isso já que eu não acredito em nenhuma resposta lógica para o que eu sou.

Por isso não me entendam.

A vida do lado de cá, dos com amor, me ensina cada vez mais a entender coisas abstratas e invisíveis, que me fazem chorar por senti-las tão reais. Tão reais que eu não consigo ver o que é a realidade pra vocês. É daí que nasce o medo de vocês um dia se proporem a me entender, porque eu não sei se vou ser capaz de entendê-los também.

Aliviem a minha culpa, não me entendam.


KarlaBrito

4 comentários:

LuCy disse...

Quem quer ser entendido, se voce pode ser surreal ?!

te amo

Magno Pontes disse...

eu entendo e o problema é meu. e qdo nao entendo o pro tb é meu ó

Carol Freitas disse...

eu entendo.

Suyanne Correia disse...

Briteenho escreve mais amore... tô precisando de uma dose segura de você!!!! beijokas amiga linda... tô cheia de saudades suas...