quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Na Madruga

Acho que a madrugada é a hora mais interessante do dia.
Silêncio inspirador.
Talvez seja por isso que os poetas têm insônia.
Será que eles são poetas porque têm insônia, ou têm insônia porque são poetas? Talvez seja uma questao de opção pela insonia.
Na madrugada é quando me vêem as melhores idéias, a solução pra problemas que pensava serem impossíveis de resolver, as palavras ficam fáceis de serem ditas, como manteiga quente é fácil de passar no pão. É quando eu quero ficar acordada.
E aquele momento entre o dia e a noite é o mais misterioso. Sempre achei isso, desde criança. Parece que alguém esta fazendo algo escondido, como se a passagem da noite pro dia fosse alguma coisa proibida, que ninguém pudesse ver.
Lembrei agora de quando era criança, tinha uns 8 anos no maximo, e sai com a minha tia pra um lual, e passamos toda a madrugada ouvindo violão ate o sol nascer. E uma das amigas da minha tia me perguntou “Karlinha, é a primeira noite que você tá virando a noite?” e eu respondi “acordada, sim”. hahuahuhauhauhauhuahuahuahuha
Enfim, a madrugada é interessante. Não digo que é lindo, nem digo que é feio. É talvez o momento em que todas as energias do dia anterior estão sendo repostas, junto com as nossas, que estamos dormindo, ou não.

Bjo
Karla Brito

ps.: Nossa senhora, eu falei muita coisa sem nexo com a outra. Mas me perdoe, já é madrugada alta.
Estado de espirito: Animacaaaaaaaaao! (por isso que decidi escrever no blog, jah que o horario nao permite fazer o que eu realmente queria fazer nesse momento: dancar e cantar, alto.

4 comentários:

Camiℓa Oℓiveira disse...

O sono deixa-nos mais insanos, mais livres e sem nexo. A madrugada inspira, até mesmo um barulho na rua a essa hora, deve ser que com o sono, conseguimos captar as situações ao nosso redor com outros olhos.

J. Lira disse...

A madrugada é linda. Sempre preferi a noite ao dia, ainda mais quando se trata de noite alta, onde o mínimo som se torna bem audível, onde os pensamentos, as lágrimas e as grandes e melhores risadas rolam solto. Enfim... adoro a madrugada. Vamos passá-las juntos, que tal? hehe

Camiℓa Oℓiveira disse...

Você vai colocar aquele poema que você leu ontem para mim aqui? Ficou muito lindo, sério mesmo, às vezes quando leio o que escreve, identifico um pouco de mim em suas palavras.

No ônibus, enquanto você lia, vi resumir um pouco dos meus desejos e pensamentos, foi muito bom.

beijão!!

milo disse...

adoro a madrugada tb karlinha... ela é misteriosa e inspira infinitas possibilidades